segunda-feira, 18 de setembro de 2017

Star Wars – Figuras Crochet

E agora o lançamento mais adorável dos próximos tempos: uma EDIÇÃO LIMITADA e EXCLUSIVA de um livro com as instruções para criar em crochet as mais amadas personagens Star Wars™! Eu preciso disto na minha vida, palavra de honra. E nem sequer sei fazer crochet!

Planeta - 24,95€

E em que é que esta edição especial, consiste afinal? O que é que a caixa tem lá dentro?
  • Um manual de 76 páginas, com mais de 100 fotografias a cores e uma secção de como fazer os pontos e as técnicas do crochet, com instruções passo-a-passo para criar uma BB-8 e um JAWA.
  • Uma agulha de crochet.
  • Uma agulha de tapeçaria.
  • Seis novelos de lã.
  • Dois pares de olhos de plástico.
  • Enchimento. 
A autora, Lucy Collin, combinou a paixão pela concepção de criaturas e personagens com o amor pela ficção científica e pela fantasia. Criou padrões para o livro Hollywood Crochet e é a autora de Star Wars Crochet



A de 20 de Setembro numa livraria muito, muito próxima de ti!

Star Wars – Darth Vader Abatido

O terceiro volume da saga Star Wars™ em BD - protagonizada pelo Lorde Negro dos Sith - como só a MARVEL podia fazer. 

Star Wars – Darth Vader Abatido
Kieron & Gillen (texto)
Deodato & Larroca (ilustrações)
Planeta - 16,95€

O primeiro crossover argumental entre as duas séries principais de Star Wars/Marvel: Darth Vader e Star WarsEste livro em capa dura, recompila os seguintes fascículos feitos por grandes talentos da BD dos nossos tempos:
  • Vader Abatido 1
  •  Star Wars BD 13 e 14
  • Darth Vader BD 13,14 e 15.
Desde a primeira aparição de Vader no ecrã, que este se converteu num dos vilões mais célebres (e sombrios!) da cultura popular. Agora podes seguir Vader após o fim de Uma Nova Esperança (e das páginas da série Star Wars™) nas suas aventuras solitárias, mostrando a guerra do Império contra a Aliança Rebelde na sua perspectiva!

Quando um Darth Vader só se vê perante uma frota rebelde, acaba isolado num planeta. Poderão os rebeldes aproveitar a oportunidade e acabar com um dos seus piores inimigos ou sentirão todo o poder do lado negro? O lorde Sith pode ter sido abatido, mas não foi vencido!

Todas as tuas personagens preferidas estão aqui: Luke, Vader, Leia, Han, C-3PO, R2-D2, Triplo- Zero e BT-1. também uma batalha entre Wookies e Chewbacca contra Krrsantan.

Destrói este Diário

Destrói este Diário, de Keri Smith
Planeta - 13,95€

O Dom da Ira

11 ensinamentos práticos para atingir uma vida serena e feliz, por um dos maiores pensadores
da história moderna, neto de Mahatma Gandhi. 


O Dom da Ira, de Arun Gandhi
Planeta - 

Mahatma Gandhi deixou uma marca no mundo com a sua doutrina. Os seus ideais de resistência pela desobediência não violenta tiveram milhares de seguidores e influenciaram líderes mundiais lendários, como Martin Luther King e Nelson Mandela.
O legado que deixou ao seu neto Arun Gandhi – que agora o transmite neste livro – serve-nos de orientação a todos para uma vida mais serena e feliz.

Prático e emocional, com lições simples que aprendeu com o avô, sobre auto-conhecimento, identidade, amizade, família, solidão, depressão, o autor ensina os benefícios do bom aproveitamento das emoções. A ira, defendia o guru espiritual, é uma arma poderosa quando a
transformamos em energia motivadora de acção.

«O meu avô ostentava a profunda calma e contentamento que todos nós sonhamos ter.
Ele não venceu todas as lutas e não foi capaz de refazer completamente o mundo à luz da imagem que imaginava, mas manteve-se totalmente empenhado, todos os dias, em tornar-se melhor a si e ao mundo.
“A alegria está na luta, na tentativa, no sofrimento que isto envolve”, dizia ele, “não na vitória em si mesma.»
Arun Gandhi
 
Revelando episódios inéditos, o autor recupera ensinamentos de Gandhi e adapta-os aos dias de hoje, num livro tão útil como surpreendente, que nos dá a conhecer o mítico líder pacifista na intimidade, através de numerosas histórias magníficas e inspiradoras. 

Sobre o Autor:
Arun Gandhi, o quinto neto do lendário líder pacifista Mahatmna Gandhi, viveu com o avô dos 12 aos 14 anos. Esse período haveria de lhe marcar e definir a vida para sempre. Também ele se tornou um activista da não-violência e hoje em dia é um reputado orador de reconhecimento internacional.
Desde que fundou o M. K. Gandhi Institute for Nonviolence, em 1987, depois de uma carreira de 30 anos como jornalista no The Times of India, Arun Gandhi fala regularmente em cerca de 50 a 60 palestras todos os anos, por todo o mundo. Entre as centenas de instituições em que já falou sobre pacifismo, não-violência, auto-controlo e gestão das emoções, incluem-se as Nações Unidas. Os programas de luta contra a pobreza que desenvolveu já melhoraram as condições de vida de mais de meio milhão de pessoas em cerca de 300 aldeias da Índia.
Nascido em Durban, na África do Sul, em 1934, hoje mora em Rochester, no estado de Nova Iorque. 

sexta-feira, 15 de setembro de 2017

A Céu Aberto

Do mesmo autor de A Bibliotecária de Auschwitz chega um romance biográfico absolutamente imperdível sobre uma das grandes figuras do século XX:
Antoine de Saint-Exupéry, o autor de O Principezinho, um dos pioneiros da aviação.

Um romance apaixonante, muito bem documentado, graças ao cuidado equilíbrio entre a acção trepidante e a subtil emotividade projectada pelo olhar de Saint-Exupéry sobre o mundo, a perfeita caracterização das personagens e a recriação do ambiente tanto dos salões parisienses e dos círculos literários nova-iorquinos como o universo que rodeou aqueles lendários aviadores.
Uma celebração da essência da literatura numa narrativa de amizade, de sonhos impossíveis, de amor, de paixão, do prazer de voar e descobrir do céu, um planeta bonito carregado de mistérios. Conhecido principalmente pela sua faceta de escritor e pela obra O Principezinho, poucos sabem que o escritor foi um piloto exímio e que contribuiu de forma decisiva para abrir novas rotas na aviação.
A Céu Aberto conta as incríveis proezas de três grandes amigos, figuras míticas do século XX, que marcaram a história da aviação, sendo, também, uma homenagem ao autor de O Principezinho, um escritor inolvidável que soube ver a realidade com olhos de criança.
Um retrato intimista e biográfico desta grande figura histórica, as suas amizades, os seus amores, os círculos literários onde se movia, os seus medos, a sua coragem e os seus anseios. 

A acção decorre numa época histórica em que os totalitarismos grassam na Europa, e França começa a temer a ameaça alemã, e como estes homens se transformam em pilotos de guerra. 

A Céu Aberto, de Antonio Iturbe
Planeta - 20,95€

França, anos de 1920.
Só os melhores pilotos são aceites em Latécoère.
Entre os eleitos estão Jean Mermoz, Henri Guillaumet e Antoine de Saint-Exupéry, três heróicos aviadores que abriram as primeiras linhas de negociação de correio em rotas inexploradas. Nenhuma distância era demasiado extensa para eles, nenhuma montanha demasiado alta: as cartas devem chegar ao seu destino.
Quando aterram, enfrentam as turbulências da vida, num século dilacerado pelas guerras.

Sobre o Autor:
Nasceu em Saragoça (Espanha) em 1967 e cresceu em Barcelona.
Publicou os romances Rectos Torcidos (2005) Dias de Sal (2008) e A Bibliotecária de Auschwitz (2012), obra vencedora do Prémio Troa «Libros con Valores».
Dedica-se há mais de vinte anos ao jornalismo cultural e actualmente dá aulas na Universidade de Barcelona e na Universidade Autónoma de Madrid. 

terça-feira, 12 de setembro de 2017

A Mulher do Meu Marido

O thriller psicológico que vai marcar a rentrée

Uma montanha-russa de emoções, intriga e mistério.

E se a sua vida foi construída sobre uma mentira?
A estreia electrizante de um novo talento internacional no género do

suspense psicológico. 



«Sempre pensei que as prisões eram lugares aterradores para pessoas que  tinham feito coisas terríveis. Mas quando o meu primeiro casamento acabou,  dei por mim a trabalhar numa, e descobri um mundo que nunca teria podido   imaginar se não tivesse lá estado. Um mundo onde ninguém é bem aquilo que parece. Um mundo que achei estranhamente viciante... tanto que conseguiu insinuar-se neste livro.» 

«Se gostaram de Em Parte Incerta e do Talentoso Mr. Ripley, vão adorar A Mulher do Meu Marido. O triunvirato do thriller: amor, casamento e assassínio.»
 Parade 
A Mulher do Meu Marido, de Jane Corry
Planeta - 18,85€

Lily é advogada e, quando casa com Ed, está decidida a recomeçar do zero. A deixar para trás os segredos do passado. Mas quando aceita o seu primeiro caso criminal, começa a sentir-se estranhamente atraída pelo cliente.Um homem acusado de assassínio. Um homem pelo qual estará em breve disposta a arriscar tudo.

Mas será ele inocente? E quem é ela para julgar?
Mas Lily não é a única a ter segredos. A sua pequena vizinha Carla só tem nove anos, mas já percebeu que os segredos são coisas poderosas, para obter o que deseja.

Quando Lily encontra Carla à sua porta dezasseis anos depois, uma cadeia de acontecimentos é posta em marcha e só pode acabar de uma forma… a pior que Lily podia imaginar. 


Sobre a Autora Jane Corry:
É escritora, jornalista e professora de escrita criativa. Ao fim de três  anos a trabalhar numa prisão de alta segurança para homens, decidiu escrever o seu primeiro thriller. A Mulher do Meu Marido inspira-se em algumas das suas experiências durante este período.

sexta-feira, 8 de setembro de 2017

As Cores do Amor

«As Cores do Amor» é o novo livro da autora de best-sellers Karina Velasco e chega hoje às livrarias. Neste guia dedicado ao amor, sexualidade e chakras, a coach de saúde e mestre de ioga baseia-se nas suas vivências e na sua percepção do amor para apresentar um livro que ajudará qualquer pessoa a viver relações felizes e saudáveis.
Com uma abordagem descontraída, «As Cores do Amor» revela uma analogia perfeita entre as cores e o amor. A sexualidade e o amor são um mundo bastante diversificado, não são preto nem branco, são um conjunto de sentimentos e momentos que nos trazem crescimento e
evolução. Como Velasco defende, é fundamental estarmos disponíveis para receber e dar amor sem preconceitos ou exigências, bem como sabermos transformar o desamor numa aprendizagem, sejam quais forem as circunstâncias, as pessoas ou o cenário.

A autora convida o leitor a anotar as sensações e emoções que despertam em si ao explorar o seu coração sem limites, não estando dependente de crenças alojadas na mente.
«Na verdade, não fomos educados com base numa visão holística do amor: o amor era algo que sentíamos, que víamos nos outros e absorvíamos das revistas, da televisão e da música. Porém, estes veículos de informação limitam-se a falar sobre o amor a preto e branco. Tudo ou nada», afirma Karina Velasco na introdução do seu livro.
As Cores do Amor, de Karina Velasco
Pergaminho, 16,60€

Conhecer os Chakras para viver relações felizes e saudáveis

«Como sabemos, as cores são sete: o vermelho, o laranja, o amarelo, o verde, o azul, o índigo e o violeta; na realidade,porém, a luz alberga entre 280 e 740 matizes, além das misturas que se obtêm a partir do branco e do preto. As cores que cada um de nós capta, por sua vez, dependem da forma como vemos o mundo, do grau de conexão que temos com o sentido da visão e da quantidade de células que existem nas nossas retinas. Quando, por distracção, não nos damos conta da presença de um arco-íris, perdemos uma oportunidade de viver uma grande bênção e de alcançar um momento de iluminação. Assim é a vida… Quando a vivemos em cada aqui e agora, ela torna-se uma grande aventura, apresentando-se como um arco-íris repleto de bênçãos que nos iluminam e de desafios que nos permitem crescer e abrir o coração, transformando-nos em seres de amor. O amor não é branco, nem preto, nem cinzento, mas sim um arco-íris cujos múltiplos matizes nos convidam a experienciar os relacionamentos e a sexualidade na sua máxima expressão e acedendo a possibilidades mais abrangentes.»

Karina Velasco é autora de vários best-sellers na área da sexualidade e da saúde natural.