domingo, 4 de novembro de 2018

Super Profissional

Como os profissionais de topo fazem menos, trabalham melhor e são mais eficientes. 

UM LIVRO INOVADOR.
A tese do autor, professor na conceituada universidade de Berkeley, é original e baseada num estudo pioneiro, alargado e credível.
Por que são algumas pessoas muito mais eficientes no trabalho do que outras? 

Super Profissional, de Morten T. Hansen
Planeta - 18,88€

Depois de um estudo ímpar com mais de 5 mil gestores e funcionários de empresas ao longo de 5 anos, Morten Hansen descobriu a resposta e revela 7 Práticas de «Trabalho Inteligente» que podem ser aplicadas por qualquer pessoa.

1. Fazer menos, mas ficar obcecado pelo que escolheu fazer;
2. Reformular o trabalho para retirar mais prazer e melhor rendimento;
3. Entrar num círculo de aprendizagem com repetição, feedback e adaptação;
4. Associar a paixão pelo trabalho ao propósito, que tem de ser significativo;
5. Defender veemente as próprias ideias e as dos outros;
6. Pôr a equipa a batalhar para contribuir, mas mantê-la unida;
7. Colaborar apenas se isso trouxer benefícios.

O autor explica como trabalhar melhor em vez de trabalhar mais, recorrendo a algumas acções e direccionando o seu esforço. Inspire-se com exemplos reais de profissionais de vários ramos de
actividade que seguiram estas práticas e se tornaram trabalhadores excepcionais. 

Cada capítulo contém questões e conceitos-chave que lhe permitirão avaliar a sua performance e determinar pontos fortes, bem como fraquezas pessoais. Descubra o seu perfil e a melhor estratégia para se tornar mais produtivo. Super Profissional ajudá-lo-á a conseguir mais, fazendo menos. 

Sobre o autor Morten T. Hansen:
Morten T. Hansen é professor de gestão na Universidade da Califórnia, Berkeley. É igualmente um dos membros do corpo docente da Apple University, Apple. É co-autor (com Jim Collins) do best-seller do The New York Times, Great By Choice [Vencedoras por Opção], e autor do aclamado Collaboration. Antigo professor da Harvard Business School e do INSEAD (França),
tem um doutoramento da Stanford Business School, onde recebeu uma bolsa Fulbright. A sua investigação académica conquistou diversos prémios prestigiados e está cotado como um dos pensadores de gestão mais influentes pela Thinkers50. Foi igualmente administrador no Boston Consulting Group, onde prestou serviços de consultoria empresarial a clientes de todo o mundo.
Nascido e criado na Noruega, vive em São Francisco, nos EUA, com a mulher e as duas filhas, e viaja pelo mundo para dar palestras como orador e para ajudar empresas e pessoas a tornarem-se superprofissionais. 

Contos Eróticos do Velho Testamento

Reedição revista e coligida num único volume, com prefácio de Maria Teresa Horta, de duas das obras preferidas da autora, 15 anos após a sua 1.ª edição.
Leitura obrigatória para quem sempre quis perceber a raiz da discriminação sexual.

Contos Eróticos do Velho Testamento, de Deana Barroqueiro
Planeta - 18,85€

Uma viagem histórica, mas também poética, sensual e dramática, pela vida das mulheres da Antiguidade, escravas dos caprichos, da ambição e da ira masculina, que se viam confinadas às tendas de pastores nómadas, a haréns e serralhos dos palácios dos faraós do Egipto ou dos reis
da Pérsia e da Mesopotâmia.
Um livro ímpar, que é uma crónica histórica da Antiguidade, ficcionada, que usa como fio condutor o poder dos sentidos e que privilegia o olhar magoado das mulheres e da sua luta pela vida, num mundo em que as «filhas» de Eva eram consideradas pelos homens como mercadoria e seres inferiores aos animais, conceito que perdurará ainda hoje, perpetuado por algumas interpretações fundamentalistas dos livros ditos sagrados.
À luz do Antigo Testamento, Deana Barroqueiro recria de forma irrepreensível e fascinante a vida dos pastores nómadas que formaram as tribos de Judá e Israel, num conjunto de narrativas cheias de erotismo e sensualidade, mas também pontuadas por episódios de violência e tirania. Acompanhamos as aventuras e desventuras das companheiras de personagens bíblicas famosas –Noé, Abraão, David e Sansão – que, inúmeras vezes, lançaram as suas mulheres, concubinas, mas também irmãs e filhas para os braços dos inimigos para ganharem vantagem ou escapar à morte. São relatos de paixões, vinganças e desejos levados ao extremo, mas também de violência e cobiça, escritor com uma sensualidade e uma elegância sem paralelo.
Os ambientes são recriados com o maior rigor a partir de uma cuidada pesquisa em documentos da época e em obras de História das civilizações pré-clássicas.

Sobre a autora Deana Barroqueiro:
Nasceu nos Estados Unidos da América, em 1945, e emigrou para Portugal aos dois anos de idade. Licenciou-se em Filologia Românica, na Faculdade de Letras de Lisboa, a que se seguiu uma longa carreira de professora de Língua e Literatura Portuguesa e Francesa, e muitos projectos de Teatro e de Escrita Criativa, com várias obras publicadas. Dotada de uma invulgar capacidade de comunicação, tem um longo currículo de palestras em inúmeros espaços culturais, sobre História e Cultura Portuguesa do Século XV ao XVII, que estuda há três décadas. Em Novembro de 2003, nos Estados Unidos da América, a escritora recebeu um louvor pela Câmara de Newark, em reconhecimento do seu contributo para a divulgação e promoção da língua e cultura portuguesas entre as comunidades de emigrantes da América, Canadá e Europa. Enquanto escritora, publicou as seguintes obras: uma colecção de sete romances de viagens e aventuras, Cruzeiro do Sul; os Contos Eróticos do Velho Testamento e os Novos Contos Eróticos do Velho Testamento, o primeiro volume traduzido e editado em Espanha, Itália e Brasil; uma trilogia de romances que abarca toda a Expansão Portuguesa dos séculos XV e XVI, O Navegador da Passagem – Bartolomeu Dias, O Espião de D. João II
Pêro da Covilhã e O Corsário dos Sete Mares – Fernão Mendes Pinto. D. Sebastião e o Vidente que recebeu o Prémio Máxima de Literatura 2007 - Prémio Especial do Júri, antecedendo na temática o romance 1640, publicado em Novembro de 2017, pela Casa das Letras/Leya.
O romance O Corsário dos Sete Mares – Fernão Mendes Pinto foi parcialmente adaptado, por João Botelho, no filme Peregrinação (2017), que foi nomeado para o prémio Sophia da Melhor Adaptação de Obra Literária.

Um Dia em Dezembro

Duas pessoas. Dez oportunidades. Uma história de amor inesquecível.

Uma grande história de amor, comovente e realista, além de transmitir a mensagem que o destino toma caminhos inexplicáveis em relação ao amor e felicidade. Este é o romance que todas as leitoras estavam à espera e promete ser o livro deste Natal.
Uma narrativa que conta a história de Laurie, Sarah e Jack ao longo de dez anos de amor, desgosto e amizade – o livro é uma grande história de amor.

Desde a sua publicação em finais de Agosto, o livro mantém-se no 1.º lugar do top do Kindle, em Inglaterra. Direitos vendidos para 25 países.

O que diz a crítica internacional?
«A história de amor que todos estávamos à espera…Adorei!»
Miranda Dickinson, autora de Fairytale of New York

«O livro perfeito para nos perdemos nesta quadra natalícia»
Jill Santopolo, autora de The Light We Lost

«O ritmo é perfeito, o tom quente e as personagens envolventes. Quem acredita
no amor verdadeiro vai encontrar neste romance de estreia de Josie Silver uma
leitura comovente e inesquecível.»
Kirkus Reviews

Um Dia em Dezembro, de Josie Silver
Planeta - 17,76€

Laurie tem a certeza que o amor à primeira vista não existe em lado nenhum a não ser nos filmes. Mas um dia, através da janela de um autocarro, numa tarde de Dezembro, vê um homem que lhe faz bater o coração mais depressa. Os seus olhos encontram-se, há um momento de pura magia... e o autocarro afasta-se.
Com a certeza de que não se tornariam a encontrar, Laurie passa o ano a olhar para cada paragem, mas não o torna a ver. Na festa de Natal da melhor amiga, Sarah, esta apresenta-lhe o novo namorado. Chama-se Jack, e é o rapaz que viu do autocarro.
O que se segue para Laurie, Sarah e Jack são dez anos de amizade, desgostos, oportunidades perdidas, caminhos errados e vidas desfeitas.

Sobre a Autora Josie Silver:
Josie Silver é uma romântica inveterada que conheceu o marido quando fez 21 anos. Vive numa pequena cidade nas Midlands, com o marido, os dois filhos e o gato.

A Nossa Forma de Crueldade

Paixão. Obsessão. Perseguição. Assassínio.
Um romance profundamente inquietante onde um jogo secreto entre amantes tem consequências mortais. Uma viagem alucinante e viciante pelas trevas do amor obsessivo. Um thriller insidioso sobre Mike, um homem controlador, manipulador e mau, que forma um plano pérfido contra Verity, a mulher que supostamente adora.
Este género de amor tóxico, que conduz à obsessão, está muito bem descrito no livro e a autora dá-nos acesso à mente retorcida de um stalker. O passado de Mike teve uma forte repercussão na formação da sua personalidade. Filho de pais alcoólicos e abusivos acabou por entrar no
sistema e foi retirado aos pais. Como consequência, também bebe e transforma-se num adulto com problemas, socialmente desajeitado e com uma certa reserva sobre o sexo feminino.
A crescente ambiguidade no livro sobre se de facto Verity manipula Mike deve-se à intenção da autora em se concentrar na perseguição de mulheres que são vítimas de stalking.

«Um thriller psicológico diabolicamente inteligente. Hall força os leitores a considerar as suas atitudes em relação ao sexo oposto.»
The Guardian

«Uma história de obsessão e auto-ilusão, bem como a dor que a paixão intensa pode trazer é perturbadora e emocionante.»
Daily Mail

«Um suspense psicológico intenso e sinistro. A reprodução de Hall da mentalidade e comportamento de um perseguidor é assustadora.»
Library Journal

«Um dos thrillers mais perturbadores que já li, em suma, adorei do princípio
ao fim arrepiante.»
Gillian Flynn

A Nossa Forma de Crueldade, de Araminta Hall
Planeta - 17,77€

Esta é uma história de amor. A história de amor de Mike. Porque, para Mike, sem dúvida de que se trata de uma história de amor. Mike e Verity têm um jogo especial. O Jogo do Desejo.
Eles jogam para provar o que já sabem: que Verity ama Mike. Que ela precisa de Mike. Não interessa que ela não responda aos seus e-mails ou telefonemas. Não interessa que lhe diga que vai casar com Angus. Faz tudo parte do jogo secreto que costumavam jogar. E Mike, observando V de mais perto, vê os sinais. Se acompanhar cada movimento dela, ele saberá quando precisará de ser salva, pois é um homem obcecado pela ideia do romance apaixonado que viveram; e que ainda não terminou.

Sobre a Autora Araminta Hall:
Araminta Hall é autora de «Everything and Nothing». Tem um MA em escrita criativa e da Universidade de Sussex e dá aulas no New Writing South in Brighton, onde vive com o marido e três filhos. «Our Kind of Cruelty» é o primeiro livro publicado nos EU.

Adoro Yoga Boa Noite Amigos!

Chega agora o segundo livro da série Adoro Yoga, o yoga lúdico para crianças, que estimula a interacção entre pais e filhos de forma descontraída e divertida. 

Adoro Yoga Boa Noite Amigos!, de Lorena Pajalunga
Planeta - 14,40€

Um livro prático e muito apelativo sobre uma actividade cada vez mais na moda, tanto para
crianças como para adultos. Capacidade de concentração, autoconfiança e serenidade, são apenas alguns dos benefícios para as crianças que praticam Yoga desde tenra idade!
Este livro, desenvolvido em colaboração com a Associação Italiana de Yoga para Crianças, propõe um ritual simples, traduzido por dezasseis poses ilustradas passo a passo e fáceis de executar, que suavemente ajudará a criança a chegar a um estado de relaxamento e calma, ideal para dormir. Graças a esta disciplina ancestral a hora de ir para a cama passará a ser muito mais pacífica e divertida!

Sobre a autora Lorena Pajalunga:
Há trinta anos, Lorena V. Pajalunga (Swami Pragya Chaksu Saraswati) foi incumbida de ensinar yoga a crianças, pelo seu Mestre Swami Satyananda of Bihar, da escola de Yoga de Munger, Índia. Desde então, fundou a Associazione Italiana di Yoga per Bambini (AIYB). Lorena tem uma licenciatura em Ciências Humanas para a Educação e dá aulas de yoga no Laboratório GiocaYoga®, no Departamento de Pedagogia do Corpo de Docentes da Universidade de Biocca, em Milão.

Os Heróis Gregos de Percy Jackson

Percy Jackson regressa com uma nova e viciante aventura, com os heróis gregos como protagonistas. Do mesmo autor do fenómeno de vendas mundial que foi a saga Percy Jackson e best-seller do The New York Times, um livro sobre mitologia grega, sério e esclarecedor, escrito com a maestria já reconhecida de Rick Riordan.
Para os leitores que acompanharam o adolescente Percy Jackson enquanto ele se apercebeu que era um semideus e enfrentava monstros e conhecia todo o género de divindades e seres mitológicos, vão agora conhecer em pormenor as histórias dos 12 principais heróis gregos, contadas por Percy. Percy explica a versão da mitologia grega para a criação do mundo e
dá a conhecer aos jovens leitores a sua visão pessoal sobre quem é quem na Grécia Antiga, de Apolo a Zeus.
Um passeio descontraído, didáctico e divertido pelos mitos gregos.
Um livro que pode ser lido de forma totalmente independente das anteriores séries de Rick Riordan.

Os Heróis Gregos de Percy Jackson, de Rick Riordan
Planeta - 18,80€

Quem cortou a cabeça da Medusa? Quem foi criado por um urso? Quem domou Pégaso?
É necessário um semideus para o saber, e Percy Jackson pode dar informações sobre todos os feitos de Perseu, Atalanta, Belerofonte e os principais heróis gregos.
Contado no estilo irreverente que os leitores esperam de Percy (eu tive algumas experiências más no meu tempo, mas os heróis das histórias que vos vou contar foram os casos originais de azar da velha escola. Eles foram corajosamente ao limite Até onde ninguém estivera e este
é um livro que os fãs vão adorar. Agarre na sua lança flamejante. Ponha a capa de pele de leão. Dê brilho ao escudo e verifique se tem flechas suficientes. Vamos até quatro mil anos a. C. para decapitar monstros, salvar reinos, atirar em deuses, atacar o submundo e roubar as pessoas más. E para a sobremesa, vamos morrer sofrer mortes trágicas.
Pronto? Óptimo. Ao ataque!

Sobre o Autor Rick Riordan:
É autor best-seller do New York Times das séries, Percy Jackson, Crónicas de Kane, Magnus Chase e Trials of Apollo. E também de uma série para adultos que ganhou vários prémios.
Durante quinze anos, Rick ensinou Inglês e História em escolas públicas e privadas em San Francisco Bay e no Texas. Em 2002 foi agraciado pela Saint Mary’s Hall com o Master Teacher
Award e, em 2011, recebeu o Children’s Choice Book Award for Author of the Year.

segunda-feira, 27 de agosto de 2018

Big Mal & Companhia

Um livro intemporal que recupera toda a história, toda a emoção, de um dos anos mais arrebatadores da história de um dos maiores clubes de futebol de Portugal – o SCP. 

A histórica época de 1981-1982, em que o Sporting de Malcolm Allison conquistou a Taça, o Campeonato e ainda a Supertaça, no arranque da temporada seguinte – é parte incontornável do património sentimental de qualquer adepto leonino. 

«Sinuoso, mal iluminado, áspero ao tacto, o túnel é tudo menos o que se poderia esperar de uma via de acesso à celebridade [...] Para alguns, esta foi a Via Dolorosa, os 40 metros mais difíceis de percorrer em toda uma vida. Fizeram-no com o passo inseguro, a medo, temerosos do que os esperava. Mas este homem, moldado por centenas de batalhas, está estranhamente calmo.
Assobia com a serenidade de quem tem a consciência tranquila e de quem sabe que pode domar a fera que está do outro lado [...] Antes de subir os degraus para o derby eterno da cidade de Lisboa, Malcolm Allison sorri.» 

Big Mal & Companhia, de Gonçalo Pereira Rosa
Planeta - 16,65€

Os Bastidores de uma das épocas de maior sucesso da história do Sporting

Um livro inspirador, convergente e gerador de espírito de clube, de esperança, num momento em que os sportinguistas estão ao rubro por causa da turbulência no seu clube, e que reconstitui um importante pedaço da história de um dos maiores clubes de Portugal e, logo, do desporto nacional.
Agregador e intemporal, este é um documento histórico que todos os sportinguistas devem ler.
Foram meses incríveis, que Gonçalo Pereira Rosa conta num registo vibrante, dando vida a muitas histórias de bastidores da equipa liderada pelo enorme Malcolm Allison – ou Big Mal. 

A incomparável, original e carismática liderança do treinador Malcolm Allison, a dedicação do presidente João Rocha, a surpreendente contratação de António Oliveira, o inesquecível Jordão, as manias de Meszaros, os atritos no balneário, os invulgares estágios, os primórdios da Academia do Pelado, os dérbis da época relembrados ao pormenor, a origem da mítica expressão «Por cada leão que cair, outro se levantará» e até as profecias do Zandinga – nada fica por contar neste livro incontornável, para ler com um sorriso, da primeira à última linha. 

Histórias de bastidores baseadas em entrevistas com quase todos os intervenientes dessa época (jogadores, treinador e equipa técnica) e uma exaustiva recolha de informação (extensíssima consulta de jornais da época e conversas com jornalistas da altura) por parte do autor.
Enquanto relata os feitos do SCP, o livro faz ao mesmo tempo um retrato do futebol dos anos 80, desencadeando fortes e ricas memórias entre os leitores amantes do futebol.
Contando com a memória de quase todos os principais intervenientes, entre eles os ex-jogadores António Oliveira, Manuel Fernandes, Carlos Xavier, Ademar, Nogueira, Eurico, José Eduardo, Augusto Inácio, Virgílio, Marinho e o antigo médico da equipa Manuel Pinto Coelho, complementada por uma exaustiva investigação, o autor constrói uma narrativa que se lê compulsivamente. 


Sobre o autor Gonçalo Pereira Rosa:
Jornalista desde 1994, Gonçalo Pereira Rosa (n. 1975) é director da edição portuguesa da revista National Geographic. Docente e investigador do Centro de Estudos de Comunicação e 
Cultura da Universidade Católica Portuguesa, é autor do blogue Ecosfera Portuguesa, um 

guião de banda desenhada e quatro livros. O último, «O Inspector da Pide Que Morreu Duas Vezes», foi editado pela Planeta, em 2017.